cadastre-se

Cadastre seu email e receba novidades

Facebook

A Entidade

O final dos anos 80, caracterizou-se pela mudança da ordem mundial, havia mais de vinte anos que não votávamos para Presidente da República, o mundo vivia uma fase importante na acirração da luta de classes. Francis Fukuyama estava prestes a determinar o “fim da história”.


A Bahia enfrentava mudanças na suas hordas políticas, o governador, Waldir Pires, renuncia ao cargo, a fim de concorrer à vice-presidência da república na chapa de Ulysses Guimarães. O vice-governador, Nilo Coelho assume num momento tumultuado e faz um governo de muita tensão com os trabalhadores. Dessa forma, a unidade se converte numa solução para os anseios do funcionalismo e da população.


Nesse contexto, acontece o I Congresso dos Trabalhadores Públicos do Estado da Bahia, em 1989, quando foi fundada a Federação dos Trabalhadores Públicos do Estado da Bahia, que nasceu da compreensão do respeito à autonomia das entidades por ramo de atividade e com a responsabilidade de unificar a luta do conjunto funciolismo, que mesmo oriundas de demandas específicas, possuem aspectos gerais e que devem ser discutidas coletivamente. Essa opinião prevaleceu até hoje, a unidade é perseguida, desde os primórdios do capitalismo, como o maior instrumento da luta dos trabalhadores.


Todos os direitos reservados à FETRAB