cadastre-se

Cadastre seu email e receba novidades

Facebook

Notícia

Atividade reflete a atuação emancipadora da mulher no mundo do trabalho

Atividade reflete a atuação emancipadora da mulher no mundo do trabalho

Atividade reflete a atuação emancipadora da mulher no mundo do trabalho

Atividade reflete a atuação emancipadora da mulher no mundo do trabalho


 

 

Boletim 1850 - Salvador, 13 de março de 2019

No dia 22 de março, 9h, no Bahiamar Hotel, em Salvador, acontece seminário organizado pelo Sindsefaz, com o tema“Mulher e Trabalho: Sujeito de Emancipação Humana". Em formato de café da manhã, a atividade faz parte do Março Mulher.

O seminário é um chamado da entidade à análise das profundas mudanças na organização do trabalho e de como as mulheres vêm sendo as “cobaias” das novas relações flexíveis e precarizadas. É uma reflexão acerca de uma característica relevante, mas não observada pelo movimento social, da divisão sexual do trabalho no capitalismo globalizado.

Ao longo dos últimos 160 anos a mulher vem sendo a percussora de profundas mudanças no mercado de trabalho. Assim como na segunda metade do século XIX foi ela quem foi às ruas, ao custo de muitas vidas, protestar contra as extenuantes jornadas de 16 horas diárias nas fábricas, é ela que está à frente de grandes mobilizações contra um novo momento de aplicação das reformas neoliberais. Uma volta ainda mais radical e cruel, que já estamos experimentando no Brasil com os efeitos da Lei da Terceirização Irrestrita, da reforma Trabalhista, além de outras mudanças que vêm sendo propostas (ou promovidas), a exemplo da reforma da Previdência (PEC 06/2019) e da MP 873, que trata da contribuição sindical. E novamente, a mulher é o ponto central.

Veja mais:
Ativistas e organizações lançam manifesto por uma articulação internacional feminista

O evento do dia 22 de março pretende abrir o debate que permita ao Sindsefaz construir uma plataforma de luta das mulheres e, assim, participar de forma mais ativa das discussões para as mudanças de paradigmas na Sefaz e no Estado da Bahia. Contamos para isso com as colegas fazendárias, mas também dos fazendários.

Fonte: Sindsefaz

 


Deixe seu comentario:


Todos os direitos reservados à FETRAB